Close

10/02/2017

Javascript Lint

Não é de hoje que a comunidade de desenvolvimento se preocupa em manter um código padronizado e trabalhando sozinho ou em equipe todos buscam isso. Simplesmente para que você ou outros possam dar manutenção ao código.

Nem todos formatam o código devidamente como deveriam, ou nem sempre você lembra de determinada boa prática naquele ambiente que está desenvolvendo. Então em ordem de ter um Helper, avisando sempre que algo não está de acordo em seu código o conceito de Lint se estabeleceu.

É de extrema ajuda, pois previne possíveis bugs e mantém seu código padronizado.

Também é super simples usar.

1 passo, escolha um ambiente de Lint.

Atualmente os mais recomendados por serem mais usados são ESLint e standard JS.

o ESLint é muito usado e você pode configurar exatamente o que deseja que seja avisado com “alerta” ou como “erro”.

o standard JS, não tem opção de configuração e a ideia é junto com o resto do mundo seguir os principais padrões de desenvolvimento.

Ambos são muito bons desde que você use algum, e se você não sente necessidade, faça um teste, instale um plugin para o seu editor e veja como será mais produtivo seu trabalho.

Você pode configurar um automatizador de task (Webpack, Gulp, Grunt) para ficar verificando, mas acho que não seja tão necessário de princípio, apenas uma instalação global (requerido pelos plugins) e o plugin para o editor.

Com o ESLint você pode configurar um arquivo (.eslintrc) e definir seus padrões, esse arquivo deve ser versionado e assim todos que trabalharem em seu projeto automaticamente seguirão seu padrão definido, é claro que se estiver com as configurações do Lint corretas.

Veja a documentação do ESLint e crie o seu .eslintrc, você pode usar também algum ESLint Rule Generator para facilitar, e coloque aonde for necessário em seu projeto (geralmente na raiz).

  • ESLint: The pluggable linting utility for JavaScript and JSX
  • standard JS: One JavaScript Style Guide to Rule Them All